Uma breve história do SEO

uma breve história do SEO

Para entender a história do SEO é preciso que você saiba, também, um pouco da importância desse tipo de serviço e das ferramentas que são utilizadas. Afinal, em tempos de inúmeras lojas virtuais surgindo, ele se torna imprescindível.

A otimização de websites é uma forma de possibilitar que o seu site ou loja virtual esteja sempre entre os primeiros colocados nos sites de buscas. Apesar de parecer difícil, não é impossível. Para que isso aconteça, são disponibilizadas variadas ferramentas que podem te auxiliar na hora de desenvolver as suas estratégias de marketing de conteúdo.

Agora, se você quer conhecer mais sobre a história do SEO, acompanhe o artigo até o final. Você verá que ele está intimamente ligado ao início da internet. Vamos nessa?

Como surgiu o SEO

Para compreender a origem do SEO, é importante saber que nem sempre buscadores como o Google se utilizavam do conteúdo como a sua principal fonte de relevância na hora das buscas.

No começo da década de 90, quando os primeiros websites apareceram, os administradores enchiam seus sites de palavras-chave, construindo, assim, diversos links para gerar altas classificações nos resultados de busca.

Em vista disso, é seguro dizer que boa parte desses sites eram compostos basicamente por spans. Com o surgimento da Google e outros buscadores, a priorização do conteúdo se tornou de grande importância. Entretanto o termo SEO (ou search engine optimization) só passou a ser usado em 1997, segundo Danny Sullivan.

Primeiras tendências em SEO

Ainda na década de 90, antes mesmo que o Google sonhasse em existir, os chamados “webmasters” já tinham a preocupação de divulgar os seus sites em sistemas de buscas. Sem o Google, era necessário submeter uma URL ou domínio por meio de um formulário dos buscadores. Estes, por sua vez, enviavam spiders para a correção das páginas e reconhecimento de links e indexavam o conteúdo no banco de dados.

Para identificar a importância de determinado termo dentro de uma página era preciso analisar o número de vezes que ele aparecia e a sua localização. Dessa forma, não era incomum encontrar resultados ruins. Isso acontecia, porque os webmasters abusavam da quantidade de termos inseridos no conteúdo para conseguir bons rankings.

Naquela época, plataformas como o Excite revolucionaram o modo como a informação foi catalogada em 1993. O sistema era uma espécie de avô do Google.  Ele classificava os resultados com base em palavras-chave encontradas no conteúdo de suas páginas e sua otimização de infraestrutura.

Na esteira dessa pequena revolução, vieram suas principais concorrentes, como o Yahoo em 1994 e, só em 1997, o Google. Suas contribuições foram significativas para aperfeiçoar e simplificar a forma como os dados dos sites são indexados e entregues para as pessoas. E, então, começou a história do SEO até chegarmos ao aperfeiçoamento dos mecanismos de busca – priorizando, finamente, a qualidade de conteúdo.

Nomes relevantes em SEO

Hoje em dia, existem pessoas e empresas que são grandes referências quando o assunto é otimização de sites. E, com certeza, serão nomes importantes daqui alguns anos na história do SEO.

Exemplo disso, é Brian Dean, da Backlinko, site que auxilia profissionais a alcançarem resultados reais com uma estratégia de SEO. Aliás, devemos lembrar que atualmente o Backlinko é um dos sites mais relevantes se tratando de SEO. Rand Fishkin, da MOZ, Tim Soulo, da Ahrefs e, no Brasil, Vitor Peçanha, fundador da Rock Content, um exemplo próximo de nós e também muito conceituado em termos de SEO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *