SEO Local: um guia para aplicar essa técnica em seu site!

Quando alguém pesquisa uma empresa ou um lugar perto de onde está, encontra resultados locais nas plataformas do Google, como o Maps e a Pesquisa. […] Para melhorar a classificação local do seu estabelecimento, use o Perfil da Empresa no Google para reivindicar e atualizar suas informações comerciais.

Suporte do Google sobre as Buscas Locais

Ao fazer uma busca com características locais como “x perto de mim” ou “y em [cidade]” estamos demonstrando ao Google uma intenção de busca sobre algo que queremos resolver agora e em alguma empresa próxima. É pensando nisso que o buscador desenvolveu formas de otimizar os resultados para entregar ao usuário respostas que façam sentido com a sua localização. E também por isso que nasceram as técnicas de SEO local.

Eu sou a Isabela Bezerra, Estrategista de Conteúdo aqui na live, e hoje irei te guiar pelos caminhos (próximos a você) das otimizações para resultados orgânicos para estabelecimentos da região. Existem uma série de particularidades nas melhorias específicas para as Local Search (buscas locais) e aqui te apresentaremos as principais delas.

Falaremos também sobre os critérios de ranqueamento nesse tipo de busca e como aplicar as estratégias de SEO local. E aí, vamos decolar?!

O que é SEO Local?

O SEO Local nada mais é que um conjunto de estratégias pensadas especificamente para aquelas buscas que envolvem algum fator geográfico. Essa pesquisa pode ser por uma informação, produto ou serviço, mas sempre está associada ao nome de um estado, cidade, bairro ou até mesmo acompanhado de um complemento “perto de mim”. Por exemplo “escola de inglês perto de mim”.

Essas otimizações envolvem a parte técnica e a de conteúdo de um site, mas não para por aí. Existem fatores para além do seu site que contribuem para o bom ranqueamento orgânico de um domínio, como o Google meu Negócio e a construção de uma rede de backlinks coesos para esse propósito.

Ao identificar uma busca por termos locais, o algoritmo começa a operar de uma maneira um pouco diferente da que sempre citamos em nossos conteúdos aqui no blog. Questões como velocidade de página, experiência de usuário, taxonomia do site, entre outros fatores, continuam tendo sua relevância neste tipo de pesquisa, mas não é a mesma que em outros casos.

Buscando entregar os resultados mais aprimorados e que estejam de acordo com as intenções do usuário, o mecanismo de pesquisa do Google dá prioridade para empresas e domínios com informações locais bem configuradas. Portanto, os fatores que citamos acima começam a valer para ranquear aquele seleto grupo de URLs que estão a uma certa distância do usuário.

Obviamente o Local Search (o nome dado para as pesquisa que justificam as estratégias de SEO Local) não fazem com que todo o planejamento de otimizações do site sejam pensando em usuários da região da sede ou de uma das filiais da empresa. Existem muitos pontos de convergência entre essas táticas e as que seriam usualmente aplicadas em casos de domínios que não vendem para sua região.

Tudo isso faz com que o SEO Local seja um plus na sua estratégia, não ela por completo – mas não o subestime, ele pode fazer uma diferença enorme no faturamento no fim do mês!

Por que é importante pensar no SEO Local?

Existem diversos motivadores para que uma empresa decida investir em SEO local. Entre elas, separamos as que mais se destacam:

Alinhamento com a expectativa dos clientes

Como já sabemos, a grande missão do Google é oferecer informações relevantes e universalmente acessíveis. Para isso, existe a necessidade que o buscador entregue resultados alinhados com a expectativa dos usuários e isso ficou ainda mais explícito com o Update do Helpful Content em que cita:

O sistema de conteúdo útil tem como objetivo recompensar melhor o conteúdo que oferece uma experiência mais satisfatória os visitantes, enquanto o conteúdo que não atende às expectativas do visitante não terá um bom desempenho.

Atualizações do Google sobre o Conteúdo Útil

E quando pensamos nas buscas com características regionais, podemos entender que, para que a experiência seja satisfatória e auxilie o usuário verdadeiramente, é necessário que existam informações de localização bem configuradas em seu site. Dessa maneira, o buscador poderá encontrá-lo como uma opção de resposta para a dor que levou àquela pesquisa.

Aumentando o alinhamento do que entrega em seu site com a expectativa dos clientes também faz com que seja mais provável a fidelização de pessoas da região. Afinal, se quando elas buscam sobre opções de passeios, serviços, produtos, etc., é seu site que aparece – e entrega! – o que ela deseja, esse público irá entender seu domínio como uma fonte confiável.

Fortalecimento do nome da marca

Continuando na lógica da fidelização de clientes citada acima, o trabalho adequado de SEO Local leva a um fortalecimento do nome da marca em sua região. Ele pode levar ao famosos “marketing boca-a-boca” que nada mais é a divulgação e indicação orgânica de seus clientes para outros potenciais consumidores.

Isso acontece pela relação de confiança estabelecida com o usuário ao estar oferecendo a ele uma informação assertiva com frequência. Dessa maneira, quando um amigo, parente ou conhecido acaba comentando sobre uma necessidade específica que ele sabe que sua marca supre, acabará o indicando.

No entanto, para que sua ligação com o consumidor chegue a esse nível, antes é preciso que seu site apareça nas indicações locais do Google respondendo a intenção de busca dos leitores. Por isso, o SEO Local é uma prática essencial para o estabelecimento e fortalecimento de marcas em suas regiões, principalmente se estamos falando de novas filiais ou novos competidores em um mercado já consolidado naquele local.

Aumento de vendas offline

O aumento das vendas offline é um subproduto da equação entre alinhamento com a expectativa dos usuários, fortalecimento do nome da marca e uma boa gestão de estoque. Pode parecer contraditório estarmos falando de marketing SEO e ligando ele às vendas fora da internet, mas, acredite, não é!

Com o fortalecimento de marca e fidelização dos clientes, quem conheceu sua marca por uma pesquisa do Google acaba já conhecendo suas opções e lembrando de sua empresa para solucionar determinadas dores. Dessa maneira, nas próximas compras que essa pessoa precisar fazer, é muito mais provável que vá diretamente em sua loja física, se houver, e não em seu site.

Da mesma maneira, pessoas que desejam sanar dores imediatas como comprar um medicamento, buscar um material de construção ou comprar uma roupa para um evento no dia seguinte, irão buscar por indicações e opções na internet, mas será no offline que fecharão negócio. Isso reduz a espera, evita taxas de entrega e permite testar o produto antes de finalizar a compra.

O que permite que o usuário faça o movimento de encontrar sua página na Web e ir até seu estalecimento são as técnicas de otimização de SEO Local. Com elas, o nome da sua empresa pode aparecer entre as primeiras opções entregues ao usuário.

Incentivar a tomada de decisão

Quando um usuário faz uma busca regionalizada, muitas vezes indica que eles está no fim do funil de vendas, ou seja, muito próximo a tomada de decisão que leva a conversão. Ao encontrar facilmente uma ou mais empresas que estão perto o suficiente e oferecem a solução que deseja, muitos consumidores se sentem mais propensos e engajados a realizar a compra.

Além disso, em ferramentas como o Google My Business, um forte aliado ao SEO local, o usuário pode verificar as avaliações, ter informações sobre a média de preço, entrar em contato com o negócio e até mesmo ver fotos da empresa. Tudo isso contribui para que a pessoa fique mais propensa a realizar a conversão.

Segundo uma pesquisa feita em 2016 pelo Think with Google, do total de pessoas que optam pelas buscas com demarcação geográfica, 76% acabam visitando uma das empresas dos resultados em até 24 horas. A pesquisa ainda afirma que desse total de pesquisas, 28% se transformam efetivamente em uma compra.

Isso mostra a efetividade e necessidade das técnicas de SEO Local.

Quais os critérios para ranquear com o SEO local?

Mais acima citamos o fato que para buscas locais, os fatores de ranqueamento tradicionais do Google cedem os holofotes para outros aspectos considerados pelo algoritmo para entregar resultados aprimorados aos usuários. E como também dissemos, não é que os métodos tradicionais de análise do buscador sejam totalmente deixados de lado, eles apenas dividem seu peso com os seguintes critérios:

Proximidade

Se as buscas locais visam trazer a notoriedade para empresas próximas a quem fez a pesquisa, não faria sentido elencar os domínios do mais distante para o mais próximo, certo? É por isso que, nesses casos, um dos critérios é “quanto mais perto, melhor”!

Para colocar em prática esse filtro, os mecanismos de busca levam em consideração:

  • a palavra-chave inserida na busca (se ela especifica uma rua, bairro ou cidade);
  • a localização atual do usuário a partir do GPS de seu dispositivo;
  • os registros de endereços de empresas em seu banco de dados.

Sendo assim, o próprio Google consegue entregar uma lista de opções que respondam sua intenção de busca, mas que são classificadas pela distância. A informação de quantos metros aquele estabelecimento está de você aparece, inclusive, no Google My Business como podemos ver no print a seguir:

Destaque

Pensando novamente na missão do Google, para garantir que estão entregando informações de valor e indicando boas empresas, não unicamente as que são mais próximas, existe o fator de destaque – que algumas pessoas chamam de popularidade. Essa métrica ranqueia o grupo de estabelecimentos próximos por um fator de satisfação dos usuários e o quanto sua marca é conhecida.

Essa análise é feita utilizando as avaliações dos usuários em seu Google Meu Negócio, quantidade de domínios locais que linkam seu site e até mesmo a quantidade de pessoas que buscam diretamente seu negócio – explicamos sobre as buscas navegacionais em nosso blogpost sobre Tipos de Keywords SEO para Blog, vale a pena conferir!

Por isso, compensa incentivar seus usuários a fazerem a avaliação do estabelecimento (há quem oferece até algum tipo de vantagem para os consumidores que o fazem) e também criar ações que façam as pessoas citarem sua marca.

Relevância

Por fim, o buscador usa como crivo a relevância das informações que você fornece sobre seu negócio e produtos como fator de ranqueamento. Pense assim:

Ao buscar por um restaurante próximo a si, uma pessoa espera saber, além da distância até o local, qual o tipo de refeições é servida lá, a média de preço, se é à la carte ou self-service, fotos dos pratos, entre outras informações. Sendo assim, ao ver uma lista de opções de restaurantes em seu smartphone, esse usuário tende a dar mais atenção/preferência para o que está com dados mais completos e não para o que está com a descrição apenas como “Comida saborosa e preço justo”.

Isso quer dizer que tudo o que preenche em ferramentas como Google My Business ou outras listagens locais, na página de contato do seu site e no campo de “Sobre” do domínio são aspectos essenciais para auxiliar no ranqueamento para buscas regionalizadas. Sendo assim, o último fator de ranqueamento para o SEO local é o que você como empreendedor tem mais impacto e poder de mudança.

É importante destacar que o algoritmo de buscas cruza a informação desses três pontos citados para chegar à lista final de indicações. Ou seja, ainda que um estabelecimento esteja a 100m de você e outro a 170m, se o segundo apresentar pontos mais fortes em destaque e relevância, ele provavelmente aparecerá antes nos resultados.

Ainda assim, mesmo para negócios que não possuem um forte trabalho de SEO local esse tipo de resultado é vantajoso, pois a quantidade de empresas disputando pelas primeiras colocações em uma cidade é bem menor do que se estivesse competindo com domínios de todo o país.

Quais as estratégias de SEO Local? Como aplicá-las?

Para não ficar para trás de sua concorrência quando o assunto é SEO Local, nós da live como especialistas em SEO viemos te passar dicas para iniciar os trabalhos de otimização desse aspecto do seu site. Mas é claro, nada se compara ao trabalho de um time inteiro com experiência e expertise no assunto, não é mesmo?

Vamos às dicas!

1. Garanta a configuração do Google My Business

O Google My Business (GMB) é uma ferramenta indispensável para marcas que desejam oferecer ao cliente todos os meios possíveis de contato, informações operacionais, avaliações sobre o negócio, opções de compra de produtos, fotos e outras informações úteis.

Mesmo que todas essas informações possam ser encontradas dentro do seu site, devemos considerar que o usuário busca por total praticidade e pelo menor número de cliques possível entre a busca e o resultado desejado.

Para ter um exemplo de como essas informações aparecem para o usuário, busque por liveSEO no Google e veja o card disponível ao lado direito da página. Ali, você encontra tudo sobre nossa agência: localização, telefone, website, horário de funcionamento, avaliações de clientes e colabs, comentários, conteúdos postados no Youtube e fotos! 

2. Invista na busca de palavras-chave locais

A busca de palavras-chave é parte essencial de qualquer estratégia de SEO, afinal, é nesse momento que definimos para quais termos iremos buscar o ranqueamento nas primeiras posições. Ao falar de SEO Local, a escolha das keywords focadas em nome de cidades, bairros ou ruas pode ser o que definirá o sucesso do seu projeto.

É preciso pensar na forma que as pessoas normalmente buscam sobre a região e criar conteúdos utilizando esses termos. Você pode também procurar sobre eventos locais que têm conexão com seu nicho, feriados municipais e outras datas importantes para o público que deseja atingir.

Fazendo isso, estará ajudando o público a ver sua marca como parte da cultura local e também facilitará para que o rastreador associe suas páginas e conteúdos às Local Search. Aproveite as ferramentas de busca de palavras-chave para explorar as opções de termos para seus textos.

3. Construa páginas direcionadas para a região

A produção de conteúdo estratégico para SEO vai muito além de escrever blogposts ou apenas mostrar um produto. Desejamos criar uma relação com o público, auxiliá-lo verdadeiramente e mostrar a ele que podemos ajudar mais ainda com nossos serviços.

Ao pensar em SEO Local, isso vai além: queremos que o usuário entenda que somos parte da cultura local e que valorizamos isso. Por isso, é essencial construir páginas ou produzir postagens que ofereçam informações ou conectem-se com eventos locais, ou que supram uma dor muito específica do público daquela região.

A construção dessas páginas precisa ser aliada ao tópico anterior, pois a pesquisa de palavras-chave irá direcionar quais termos ou temas mais buscados, auxiliando a priorizar a sua produção. Explore também o uso de imagens, mapas ou outros elementos nessa parte do site para que rementam ao teor regional da pesquisa.

4. Busque backlinks locais

Que os backlinks são ferramentas poderosíssimas para o reconhecimento de marca e aumento da autoridade de um domínio a gente já sabe. No entanto, para trabalhar focado em Local Search, a melhor estratégia é a busca de backlinks de domínios da sua região.

Isso acontece pois o buscador entender páginas com muitas referências como URLs importantes e que podem responder à intenção de busca do público. Quando essas referências vêm de páginas próximas, a tendência é que os leitores e o próprio crawler entendam sua importância para o ecossistema de sites daquela cidade ou região.

Para conseguir esse backlinks pode ser através de parcerias com jornais online, blog, sites de review e outras opções.

5. Use os dados estruturados a seu favor

Os dados estruturados do Google são sinalizadores padronizados para que facilitam a compreensão do crawler sobre o que aquela página ou site estão informando. Entre inúmeras opções desses códigos, temos o LocalBusiness. São eles que permitem o ranqueamento para a parte de lista de indicações que aparece na SERP quando fazemos uma busca local sem especificar o nome de uma empresa.

E aqui é importante ressaltar que esses dados possibilitam esse ranqueamento, não o garantem. Segundo o que diz o Developers Google:

O Google não garante que os recursos que consomem dados estruturados vão ser exibidos nos resultados da pesquisa.

Developers Google sobre LocalBusiness

Ainda assim, é importante que otimize ao máximo suas possibilidades e deixe tudo configurado para facilitar o trabalho do buscador.

6. Invista em melhorar a experiência mobile no seu site

O Google possui uma diretriz chamada Mobile First Index, ela afirma que:

Em geral, o Google usa a versão para dispositivos móveis do conteúdo de um site, rastreada com o agente de smartphones, para indexação e classificação. Isso é chamado de indexação que prioriza dispositivos móveis.

Developers Google sobre Mobile First Index

Sabendo disso, pense na seguinte situação:

Você viaja para uma cidade que ainda não conhece. Ao sair para o jantar com a sua família acabam descobrindo que local que planejavam jantar está fechado por uma urgência. Como estão em um local novo, vocês não sabem qual outra opção de restaurante bom existe por perto. Portanto, vão pesquisar em seu celular para descobrir quais outros estabelecimentos são bem avaliados na internet.

Esse tipo de situação ilustra perfeitamente porque um site que trabalha otimizações SEO – incluindo as melhorias para Local Search – precisa de um trabalho cuidadoso para dispositivos mobile: grande parte dos acessos ao Google vêm de smartphones. Isso pode ser até mais frequentes para pessoas que precisam resolver questões naquele mesmo momento e estão buscando um local por perto que ofereçam o serviço ou produto que desejam.

As pesquisas que direcionarem o usuário ao seu Google My Business podem acabar levando essa pessoa a entrar em seu site. Imagine se ele tem um tempo de carregamento alto no 3G? Ou ainda se ele não possui um layout responsivo para telas de diferentes tamanhos? Não há como mensurar quantos clientes são perdidos assim, mas eles certamente existem.

E como já citamos muito o Google My Business aqui nesse conteúdo, nada melhor do que aprender de maneira prática como configurá-lo, não é? Vamos lá!

Como configurar o Google My Business?

O processo de abertura de conta no GMB é simples e pode ser feito rapidamente. A nossa dica antes de mais nada é: utilize um e-mail corporativo para não correr risco da conta ficar atrelada a um endereço eletrônico pessoal que pode ser perdido.

Dito isso, vamos aos passos:

1. Acesse o site oficial do Google My Business 

Ao acessar a página do GMB você deverá clicar no campo “Gerenciar agora”. Caso a sua empresa ainda não possua uma conta no Google, será necessário criá-la e então avançar para o próximo passo.

2. Encontre sua empresa ou inicie uma nova listagem

Nessa etapa, você deve encontrar a listagem da sua empresa ou criá-la totalmente do zero. Caso, em algum momento, seu negócio já tenha sido mencionado em uma Listagem do GMB, apenas digite o nome da marca no campo “Type your business name”.

Mas, se essa for a primeira listagem já criada, clique em “Add your business to Google” para iniciar um processo totalmente novo. Não é raro que alguém já tenha listado sua marca, então sempre verifique buscando pelo nome, como citamos anteriormente. 

Após preencher o nome da sua empresa, selecione também o nicho que melhor descreve sua atividade comercial e defina informações importantes como: o usuário deve ter o endereço da minha loja? Se sim, preencha os dados de endereço com bastante atenção.

3. Adicione as informações essenciais da empresa

Acesse o painel de controle do GMB, selecione a opção “Info” e em seguida clique na categoria “Completar ou atualizar”. Ali, existem alguns dados que nunca devem ficar desatualizados, são eles: 

  • Nome;
  • Endereço;
  • Número de telefone;
  • Website;
  • Descrição;
  • Categoria;
  • Atributos.

Informações incorretas ou desatualizadas podem desviar o usuário de sua rota de compras, além de descredibilizar a empresa – afinal o perfil é gerenciado pela própria marca. Fique sempre de olho em concorrentes, eles também podem alterar dados em sua lista. 

4. Adicione as formas de contato da empresa

Essa etapa é essencial, pois o cliente pode ser direcionado ao seu site ou conseguir um telefone para contato. No nosso caso, para ter total efetivação a nível de SEO, é necessário que o URL completo da home seja aplicado em seu campo. Para isso, basta adicionar o URL e o número de telefone nos locais indicados. Certifique-se de preencher todas essas informações com bastante cuidado.

5.Carregue fotos e vídeos em sua lista

Seu perfil no GMB é o lugar ideal para exibir fotos dos produtos, serviços e até mesmo dar ao usuário uma ambientação do seu escritório. Não se esqueça de adicionar imagens com sua logo, representações visuais da marca e – por que não? – uma foto da fachada da loja? 

Escolha as fotos com sabedoria, elas precisam causar uma boa impressão! Esses são os melhores tamanhos de imagens para usar nessa plataforma:

  • Imagem de perfil – 250 x 250 pixels;
  • Foto da capa – 1080 x 608 pixels;
  • Imagens compartilhadas – 497 x 373 pixels.

Vale lembrar que os clientes também podem subir fotos em sua listagem, mas elas serão diferenciadas pelo próprio GMB entre imagens “marcadas” (pelo cliente) e “carregadas” pela marca. 

6. Finalize e verifique seu negócio

Com essas informações devidamente preenchidas, é hora de finalizar e enviar sua lista oficialmente. O cadastro está quase completo, falta apenas escolher uma das opções de verificação de conta. 

Para comprovar que seu negócio realmente existe e que as informações fornecidas são verdadeiras, o Google irá te oferecer algumas opções de verificação. Você poderá escolher entre receber um cartão por e-mail ou em seu endereço físico. Nesse cartão irá constar seu código de verificação.

Você ainda pode realizar esse processo por telefone ou associar sua conta do GMB ao Google Search Console. Nesse caso, você terá acesso total ao Google My Business instantâneamente!

Seguindo nossas dicas e buscando otimizar seu site para a prática de SEO Local você com certeza estará mais próximo de aumentar suas vendas offline e ganhar reconhecimento na sua cidade e região.

O blog da liveSEO está sempre com novos conteúdos para auxiliar você a melhorar seu site para os buscadores. Além disso, oferecemos Webinar SEO para trabalhar de maneira aprofundada outros temas. Além de ver os que já fizemos, você pode ser avisado de novas lives e participar do chat ao vivo. Basta acompanhar nossas redes socais e ficar de olho nas novidades do mundo do SEO.

Esperamos você lá!

Deixe um comentário

Posts relacionados