SEO para Plataforma Tray: Como fazer?

Bem-vindos, astronautas! Aqui quem fala é Lorena Martins, tripulante da liveSEO. Neste webinar mensal, Lucas Maranho apresenta quais são e como realizar as técnicas de SEO mais eficientes para e-commerce em plataforma Tray.

Nossos tópicos centrais serão estratégias e os passos necessários para a otimização do seu site. Animou? Vamos conferir juntos o que a nave preparou para o seu webinar preferido. Larga o play!

Começando do começo: os fundamentos de SEO

Nosso SEO é feito de acordo com as guidelines Google, a maneira efetiva de realizar SEO, com a qual todas as agências deveriam trabalhar. Mantemos em mente os três passos que o Google realiza em seu processo de funcionamento:

  • Rastreio: O crawler do Google visita os sites e coleta todas as suas informações – textos, imagens, velocidade, estrutura…
  • Indexação: Os dados coletados são armazenados em um índice de respostas específico.
  • Rankeamento: É o processo de posicionamento na página de pesquisa. É motivado por dois fatores: Relevância e Autoridade. Um site é relevante de acordo com sua velocidade, organização e conteúdo: ele funciona? Seu conteúdo responde às solicitações do usuário? A autoridade, por sua vez, é medida de acordo com a reputação digital da página: outros sites a referenciam? Como são suas reviews?

Para otimizar os resultados de um site com SEO, nossas ações são norteadas por três pilares:

  • SEO on Page: tudo que se faz dentro do site. Conteúdos, imagens, links internos…
  • SEO of Page: atuação externa ao site. Construção de backlinks, manutenção de uma boa reputação digital. (Leia o post sobre Estrategias de SEO on Page e SEO off Page)
  • UX: Preocupação com a User Experience, ou experiência do usuário.

E lembrem-se: todos esses pontos são igualmente relevantes ao processo de otimização de um site. Não há qualquer hierarquização. Pense em tudo!

Como fazer? Estratégias de SEO

1. Link sculpting: o escultor de links

Em tradução literal, link sculpting significa “esculpir links”. É uma técnica que, utilizando o fluxo do link juice (do qual trataremos adiante) transfere autoridade aos links desejados.

Não entendeu? Vá com calma, imagine: meu e-commerce vende calçados. Em minha categoria de tênis esportivos, construo uma composição de links internos que direcionam o usuário às outras páginas de meu site. Eles atuam de forma programada, e jamais devem ser utilizados aleatoriamente.

Agora, coloque em prática! Primeiro, levante uma lista de backlinks, ou seja, encontre os links para o seu site localizados em outros sites. Para isso, sugerimos o SEMRush ou Ahrefs, ferramentas bastante acessíveis de levantamento de backlinks.

A partir deles, use uma lista de categorias, subcategorias e marcas para controlar os links internos. Para fazer isso, utilize o excel.

Isso te permitirá otimizar o crawl depth de seus links internos, ou seja, sua profundidade de rastreio. Trabalhando com link sculpting, posso reduzir o tempo e a profundidade de rastreio: categoriais ou marcas que estariam em profundidades pouco convenientes são otimizadas através da construção de links internos. Isso melhora, também, o crawl budget, ou orçamento de rastreio.

signfiicado de Link Sculpting para otimizar plataforma tray

2. O link juice: fundamental!

Essa é a técnica que distribui a autoridade de URLs diferentes por meio da inclusão de links internos. É conhecido como transferência de autoridade de página ou, precisamente, page rank.

Achou muito semelhante ao conceito de link sculpting? Isso ocorre por que os dois atuam em conjunto, de forma interdependente. O link juice, porém, vai um pouco além do seu site. Entenda:

Lembra daquele backlink poderoso que foi dado de maneira orgânica ao seu site? Quando um usuário clica nele e é redirecionado, o page rank gerado deve ser dividido pelos links internos presentes na página. Envolve-se nisso o conceito de link equity: a equidade com que o valor é transmitido de uma página para outra, que não é sempre a mesma.

Agora, com tudo isso em mente, recomendamos ações de link juice para fazer acontecer:

  • Saiba que a grande maioria dos backlinks levam à “Home” de seu site, o seu domínio principal. Não mantenha links excessivos nessa página. Isso pode fazer com que a autoridade recebida seja diluída.
  • Não tente resolver esse problema com a inserção de links do tipo “no follow“. Conserve na “Home” os links essenciais, para derrubar sua taxa de rejeição!
  • Tenha em mente que essas práticas dizem respeito à boa experiência do usuário, que é essencial ao bom rankeamento e ao sucesso de seu e-commerce.
Significa de Link Juice para otimizar ecommece

3. Os titles, as descriptions e os URL

Desdenhados por muitos, titles e descriptions são profundamente essenciais ao SEO. Esses são os primeiros fatores rastreados pelo crawler e, portanto, merecem atenção. Têm grande valor de rankeamento e ainda atuam de forma publicitária.

Nos titles, conseguimos inserir as palavras-chave de rankeamento. Essas palavras-chave não são imprescindíveis na description; aqui, lembre-se de utilizar palavras do campo semântico correto. 

Saber trabalhar o SERP (Search Engine Results Page) do seu site é um passo inicial para buscar um posicionamento orgânico favorável. Isso facilita, ainda, o aumento de CTR (Click Through Rate, ou taxa de clicks) do seu site.  

Na plataforma Tray é possível, ainda, exportar os dados de SEO e otimizá-los. Utilize-se bem dessa ferramenta!

4. Correndo atrás da performance

Aqui é um resumo breve discutido no webinar, caso queiram informações mais completas sugerimos ler o post sobre Velocidade do Site.
Primeiro, entenda performance como a velocidade do site. Existem dois fatores de influência sobre a performance: velocidade do servidor e do website. Agora, veja algumas definições:

  • TTFB: significa tempo para o primeiro byte. É o tempo de resposta do servidor para a identificação da primeira informação solicitada.
  • Tempo de download: é a métrica composta pelo tempo de resposta do servidor mais o tempo de entrega do seu site. 

5. O conteúdo de categoria

Este é o texto que acompanha cada categoria de seu site. É a oportunidade de posicionar long tails e otimizar a sua estrutura Web.

Realize um bom mapeamento de categorias e parta para a produção dos conteúdos, que devem ser relevantes, assertivos e gerar interesse genuíno no usuário. Não escreva pelos caracteres: conecte-se com a natureza de suas categorias e entenda o que cada uma tem a dizer.

Nas categorias, faça link sculpting! É sua oportunidade. Veja um exemplo da Leroy Merlin:

exemplo de link interno no case leroy merlin

6. LSI: Latent Semantic Indexing

LSI é a sigla em inglês para Indexação Semântica Latente. Basicamente, diz respeito ao processo de análise que o Google realiza para entender as relações semânticas entre palavras.

As palavras-chave são termos conceitualmente relacionados que o Google usa para entender de forma abrangente o conteúdo de uma página Web. Portanto, utilize-as sabiamente em sua página. Entenda as palavras relacionadas que circundam a palavra-chave central de seu produto.
Veja um exemplo da Zalando.es:

exemplo de LSI no site da zalando

7. UX: User Experience, ou experiência do usuário

Preocupar-se com UX significa, principalmente, não deixar que as estratégias e técnicas sejam feitas para o Google, e sim para o usuário. Afinal, o Google quer satisfazer o usuário do buscador. Este, consequentemente, deve ter uma ótima experiência no resultado oferecido.

Lembre-se do seguinte: não pense PARA o Google, e sim COMO o Google. Seu SEO deve se concentrar na pessoa do outro lado da tela!

A sua checklist: otimizando seu SEO em Tray!

Resumindo tudo isso, o Lucas montou uma checklist para quem pretende aplicar essas estratégias em e-commerce na plataforma Tray. Anote aí!

  • Comece pelos titles e descriptions.
  • Gere conteúdo para categorias e marcas.
  • Trabalhe com links internos, usando anchor texts e que sejam úteis.
  • Utilize LSI, o campo semântico de suas keywords.
  • Calcule a quantidade de links na Home.
  • Fale com o desenvolvedor e otimize a performance.

E esse foi o webinar que preparamos pra você! Gostou? Permaneça informado sobre estratégias de otimização de sites na nave da liveSEO. Tem webinar mensalmente.

Até logo!

Assista o Video do Webinar: SEO para Plataforma Tray

Deixe um comentário