10 erros mais comuns de SEO: previna, corrija e cresça!

Salve, astronauta! Quem está em contato com você hoje é a Lara Zanesco, tripulante da nave liveSEO. Estou aqui para te contar rapidamente tudo o que rolou no webinar de hoje: “Os 10 erros de SEO mais comuns em E-commerce”.

O comandante e CEO da nossa spaceship, Lucas Maranho, juntamente com a Associação Brasileira de Lojistas de E-Commerce (ABLEC), mostrou esse top 10, as falhas internas que possibilitam a queda de qualidade do SEO e o que fazer para minimizar ou prevenir os danos para que seu site cresça.

Muita coisa legal, não é?! Depois desse webinar, esperamos que fique claro para você o que é preciso evitar no SEO da sua loja virtual e, assim, você possa estar alcançando bons resultados em muitas conversões! Vamos lá?!

Top 10 erros SEO que você deve evitar no seu E-commerce

Sem mais delongas, Lucas Maranho explica como chegou à lista dos principais erros SEO que não podem acontecer na sua loja virtual: muitos dados. O especialista fez diversas buscas e armazenou as informações relevantes antes de chegar até você, o que nos leva ao primeiro erro e aos demais:

1º Não armazenar dados

A regra é simples: se você não trabalha com dados, trabalha com o feeling e isso não funciona no SEO. Quando você toma decisões e realiza ações a partir de “achismos”, é quase impossível chegar a resultados concretos.

Por maior que seja o seu nível de conhecimento nesse assunto, é indispensável o uso de dados para traçar estratégias coerentes e realmente necessárias para o crescimento do seu e-commerce – e o Lucas mostra isso na prática nesse webinar.

2º Esquecer o “Golden Triangle SEO”

Para trabalhar com SEO de forma eficiente, não dá para deixar de lado o Triângulo Dourado: Google, concorrentes e você. Como explica o CEO dessa nave, todas os resultados de rankeamento, positivos ou negativos, serão obtidos a partir desta relação cíclica.

Por isso, para agir de forma assertiva e montar planejamentos que dêem certo, você tem que ter em mente o seu desempenho, o desenvolvimento da concorrência e como o buscador Google trabalha.

3º Esquecer que SEO é Marketing

Parece óbvio, mas se fosse não estaria nessa lista: trabalhar com SEO é marketing também. Esse é um erro bem grave, pois, como mostrou Lucas, isso implica desconsiderar a jornada do consumidor.

Como produzir um conteúdo sem pensar na etapa de compra da sua buyer persona? Como mandar usar o e-mail lettering sem filtrar os seus clientes entre topo, meio e fundo de funil? E seu blog, vai encher de conteúdo transacional de venda? Não dá para fazer SEO sem pensar na intenção do usuário!

Sem lembrar do aspecto “marqueteiro” do SEO, sua loja virtual vai perder autoridade e posições no rankeamento do Google, sofrer com o crescimento da taxa de rejeição e ter uma queda nas conversões.

4º SEO é só na hora da compra

Infelizmente, muitas pessoas ainda podem achar que o SEO acaba quando o cliente consome, mas não. Nosso CEO conta que esse trabalho é longo e constante, acontecendo antes, durante e depois da compra.

O consumidor pode ter dúvidas em diversas etapas da jornada do consumidor. Por isso, o E-commerce precisa estar apto a responder dúvidas em todos os momentos e, ao oferecer informações para o usuário que já comprou, você pode estar consolidando a fidelização do cliente.

Afinal, SEO trabalha diversos tipos de keywords, e não apenas as transacionais, que geram conversão!

5º Minha plataforma “tem” SEO

Se você já ouviu e acredita nessa história da plataforma mágica, nesse webinar vai descobrir que isso não passa de um mito: não existe plataforma com SEO, porque não é algo que se ”tem”.

O máximo que elas podem fazer para que o tráfego orgânico no seu e-commerce cresça é facilitar o trabalho de otimização dos profissionais de SEO que cuidam do seu site – o que não é pouca coisa. Investir em uma plataforma que ajude o trabalho dos técnicos pode poupar tempo e acelerar os resultados.

6º “Não gero conteúdo, meu usuário não gosta!”

Como conteudista, deixo aqui a pergunta: por que você está interessado neste webinar? A resposta é simples: se informar, descobrir mais sobre as maravilhas do SEO e como ele funciona.

Pois é por isso mesmo que o seu cliente vai acessar o conteúdo do seu site. Esse é um elemento essencial para topo de funil, quando o usuário está descobrindo e aprendendo, seja por meio do inbound marketing ou “googleando”.

Se você não entender a relevância de um blog para o SEO do seu site, não vai conseguir atingir públicos além dos que já te conhecem e estão prontos para comprar e nem ganhar tanta autoridade, perdendo várias oportunidades de conversão.

O nosso comandante lembrou e eu ressalto: se você não informar o usuário, o seu concorrente vai!

7º “Una golondrina hace un verano”

Não, caro amigo, uma andorinha sozinha não faz verão, quem dirá SEO! Lucas Maranho explica muito bem sobre a importância e a diferença para o seu projeto em ter o trabalho de especialistas e parceiros na hora de alavancar seu e-commerce.

Por mais que pareça mais vantajoso trabalhar com um freelancer a priori, ter uma agência, consultores e desenvolvedores da plataforma trabalhando com você em seu site pode facilitar muitos problemas, pois uma equipe completa tem um know-how bem maior e mais variado do que um pássaro solitário.

8º Ver somente a pontinha do iceberg

Você certamente já assistiu ao Titanic. Então, se acha que basta tratar o básico do SEO e trabalhar backlinks para ter resultados orgânicos, o CEO tem uma notícia triste: seu navio com certeza vai afundar.

Afinal, se destacar organicamente, conseguir autoridade no seu nicho, ter uma UX (User Experience) elevada e bons resultados de conversão, envolve muitas outras coisas, como: otimização de SERP, estrutura técnica, conteúdo relevante e vários outros pontos SEO.

9º Ter medo de grandes players

Quando o assunto é SERP (Search Engine Results Page), o SEO tem 10 chances de te posicionar e não 8 ou 9 – as primeiras posições não precisam ser dos marketplaces! No webinar, Lucas te conta algumas estratégias de como superá-los, por exemplo, skyscraping, buscar gap keywords, entre outras.

Para superar os grandes players, você precisa ser “agressivo” e não ter medo de “atacar” para ganhar posições. Citando Maranho, tenha-os como referência, mas queira “olhar eles pelo retrovisor”.

10º Preocupe-se só com o que conhece agora

Não importa o que aconteça no mundo das buscas e do tráfego orgânico, você precisa estar preparado. Você nunca sabe quando o Google vai lançar uma atualização ou quando o mundo vai virar de “pernas para o ar” e as pesquisas vão se concentrar em um único assunto.

Para que você não fique desesperado (nem arrependido), como aconselha o especialista em SEO, pense em crescer o seu e-commerce organicamente desde ontem, para que hoje você não tenha que lutar ainda mais por posições e resultados orgânicos, que não chegam da noite para o dia.

Além de apresentar os erros que você precisa evitar, o CEO explica como eles afetam a sua loja virtual e como tentar evitá-los. Ao longo de todo o bate-papo, ele ainda respondeu a diversas dúvidas e questionamos da galera que acompanhou ao-vivo!

Viu quanta coisa interessante foi discutida nesse webinar? Agora é hora de assistir ao vídeo e ficar por dentro dos aprofundamentos e dicas que o Lucas trouxe sobre o assunto. E nada de continuar cometendo esses 10 erros comuns de SEO no seu E-commerce!

Aproveite o webinar e boa aprendizagem. Até a próxima viagem!

Deixe um comentário