liveSEO – Agência Especializada em SEO

Qual a diferença entre SEO White Hat e SEO Black Hat?

Já ouviu falar sobre as técnicas de SEO Black Hat e SEO White Hat? No post a seguir, te deixaremos por dentro do assunto.

Lucas Maranho Consultor SEO

por Lucas Maranho

Quem trabalha com e-commerce vai concordar com a gente: a procura por táticas que sejam capazes de melhorar o posicionamento em buscadores, como o Google, é constante. Não é? O caminho para alcançar colocações de sucesso pode tomar rumos distintos e, por vezes, um tanto obscuros. O que isso quer dizer? Bem, vamos por partes.

Dar visibilidade e alavancar a página virtual é um ponto importantíssimo para quem tem um e-commerce. Um bom posicionamento por meio de uma pesquisa em um buscador demonstra a relevância do seu negócio online. Para conseguir ser relevante nesse meio, usa-se muito as estratégias de SEO.

Ainda que grande parte do SEO tenda para métodos esclarecidos, limpos e bem direcionados, há o outro lado da moeda, que usa de técnicas não aprovadas pelos buscadores para atingir uma posição notável. Estamos nos referindo, aqui, às técnicas de SEO Black Hat e SEO White Hat.

Já ouviu falar sobre tais técnicas de SEO?  Não? Pois é exatamente o que iremos tratar a partir de agora, para que você entenda de uma vez como fazer um SEO dentro dos parâmetros do Google, sem gambiarras e trapaças. Vamos lá?

Black hat x White hat SEO- Referência ao vilão e ao mocinho do velho oeste

Black Hat e White Hat – O que é cada um?

Se você não conhecia os termos Black Hat e White Hat é provável que já tenha dado para ter noção do que se tratam.

Para explicá-los melhor, podemos partir dos sentidos literais de cada um: chapéu negro e chapéu branco, simples. As nomenclaturas, a nível de curiosidade, vieram da ideia de filmes antigos de faroeste, em que o “mocinho” usava chapéu branco e o “vilão”, o acessório preto. Saindo disso, dá para separarmos como o “lado do mal” e o “lado do bem”.

É isso o que fazem as duas técnicas. A Black Hat percorre para o lado ruim, é um tipo de infrator das diretrizes gerais do Google, que pretende se aproveitar de suas possíveis falhas e de métodos de automação suspeitos e não convencionais. E a White Hat segue um SEO pautado em métodos consistentes, bem planejados e estratégicos, que respeitam os requisitos  e parâmetros de posicionamento do Google, com conteúdos adequados, relevantes, utilizando links e demais recursos honestos. Essas diferenças são as causas para que algumas pessoas optem pelo SEO Black Hat. E talvez agora você esteja se perguntando o porquê.

A resposta é simples, fazer um trabalho correto, detalhado, embasado em um conjunto de boas práticas, demanda tempo para que os frutos possam ser colhidos. É muito mais cômodo correr para o outro lado, que é aparentemente mais fácil. Mas, é só aparentemente mesmo. As penalizações para esse tipo de prática duvidosa podem ser bastante rigorosas e colocar tudo a perder. Aí é complicado voltar atrás.

Quais as diferenças entre elas?

Agora que você já sabe os conceitos das duas técnicas, é hora de entender as diferenças entre elas na prática. Vamos conferir:

Pensando em alcançar as primeiras posições em buscadores como o Google, por exemplo, a técnica SEO black hat usa de um conjunto de táticas inadequadas para se sobressair.

Como assim? Quando realizada uma busca, o Google tenta responder com a melhor resposta. Essa resposta é composta por um conteúdo relevante, que atende à pesquisa do usuário, com palavras-chave adequadas, links internos e backlinks confiáveis e coerentes, características do white hat SEO.

O Black Hat faz exatamente o contrário. Para se ter ideia, existem termos próprios do que faz um Black Hat. Vamos conferir alguns deles.

Práticas Black hat e seus termos
  • Keyword Stuffing: Esta é uma das antigas estratégias usadas pelo SEO black hat. Trata-se do uso exacerbado de palavras-chave ao longo do texto para tentar enganar o motor de busca. Acontece que o Google, constantemente sendo evoluído, aprimorado e inteligente, se preocupa com qualidade. Ele vai verificar, portanto, se tais palavras se relacionam com o conteúdo da página.

  • Link Farming:
    Sabendo da importância dos links externos para melhorar a posição de um site, o Black Hat se beneficia (ou nem tanto) do Link Farming, que consiste na introdução de links de sites interligados, e/ou que nada tem a ver com a proposta do site. Essa técnica tenta agregar um resultado rápido e artificial à página, porém, os robôs do Google são totalmente capazes de detectar ações suspeitas.

  • Dorway Pages:
    Aqui, são utilizados conteúdos e palavras-chave que não condizem com o conteúdo interpretado pelos motores de busca, isto é, é apresentado um conteúdo, mas na verdade se trata de uma outra proposta. Em resumo: para os motores e busca o site é um e para o usuário é outro. Tudo isso para aumentar o ranking da página. Deu para entender?

Quais os prejuízos que práticas de Black Hat podem trazer para seu site?

Você já compreendeu que o black hat SEO se mune de estratégias para tentar enganar os motores de busca, certo? Agora, é hora de saber os prejuízos que essas táticas inadequadas podem trazem para o seu site.

O primeiro fator, e talvez primordial, é a penalização acarretada após identificadas as práticas ruins. Quando percebido que há intenção de interferir o processo de posicionamento, que é ganho através de uma série de aspectos de SEO, como palavras-chave, análises constantes, produções de conteúdos qualificados, o buscador imediatamente penaliza o site.

O que isso quer dizer? Quer dizer que, se a posição do momento já não estava tão agradável, ela ficará ainda pior. Isso acontece porque as ferramentas do Google, por exemplo, são capazes de fazer uma leitura detalhada de cada ação que foi realizada na página. Daí, vem a penalização, pois ele entente como um tipo de ameaça. Seu site despenca para uma posição muito mais baixa. É como se ela fosse jogada para lá da centésima página.

Gráfico de cliques despencando com penalização devido à práticas black hat

Depois de receber uma penalização, o caminho para se reerguer é árduo. Você precisará de muito esforço, paciência e, principalmente, de um White Hat.

Existe um meio termo?

Chegamos a um ponto importante, em que apresentaremos um novo termo – ou melhor, um meio termo. Entre o Black Hat e o White Hat, encontramos o Gray Hat, traduzido por chapéu cinza.

O Gray Hat é aquele tipo de técnica que entende que práticas ruins não são positivas, mas, que por outro lado, consegue achar uma maneira de usar pequenas táticas do Black Hat em benefício de seu site. Como isso acontece?

Vamos te explicar!

O que é um Gray Hat?

Como dissemos, o Gray Hat é um meio termo entre as duas outras técnicas de SEO. Vale se atentar de que não estamos falando aqui sobre um lado do bem ou do mal, como foi citado anteriormente, certo?

A principal diferença do Gray Hat para o SEO Black Hat está na quantidade e frequência de uso das práticas. Enquanto o Black Hat somente utiliza técnicas duvidosas, com o objetivo de enganar os motores de busca, de maneira excessiva, o Gray Hat, digamos, é mais ameno e breve. Por exemplo, o spam recebido no e-mail é uma prática comum de Gray Hat. A compra de links, de domínios antigos para criar backlinks, entre outros.

Ainda que ocorram esses tipos de práticas não tão recomendadas, elas são, na maior parte das vezes, quase imperceptíveis (o que também não quer dizer que não possam ser detectadas e punidas). A grande distinção é que o Gray Hat tem consciência de que não deve agir por intermédio delas por um longo tempo. A jogada aqui é rápida.

“Para um White Hat, a busca pela boa posição vai além da visão de autoridade em cima de autoridade. Ele sempre vai acatar as práticas que colocam seu site no topo da maneira mais orgânica possível, seguindo os parâmetros do Google.

Nosso posicionamento em meio a essa dualidade…

Como especialistas em SEO, nós, da liveSEO, prezamos por um trabalho estruturado e estratégico. Afinal, queremos que nossos clientes cresçam e estejam cada vez mais visíveis aos olhos do Google em especial. Visibilidade essa, que é alcançada com um planejamento consistente, fundamentado através de técnicas de SEO white hat para construir um conteúdo adequado, com palavras-chave, backlinks sempre relacionados e posicionados, seguindo a “cartilha” do Google e uma análise frequente dos resultados que forem sendo obtidos. Nossos clientes não nos deixam mentir sobre isso. Para resumir, desenvolvemos um trabalho embasado em transparência e honestidade, tanto para o Google quanto para nossos clientes.

Agência liveSEO trabalha com métodos White Hat

Você acabou de conferir os conceitos de Black Hat, White Hat e Gray Hat. Se estiver precisando de uma força, deixe-nos te ajudar. E se quiser ler mais conteúdos relacionados, acompanhe nosso blog de SEO. Temos muito mais para te mostrar sobre SEO!